sexta-feira, 21 de novembro de 2008

PALAVRA DE CAUTELA !

Existem alguns detalhes que o Mago Moderno deve sempre observar quando da feitura de algum produto que será utilizado em rituais mágicos ou com finalidades místicas. Um deles é a fase da Lua. Não é possivel produzir perfumes que visem ampliar a energia que é acionada através da essência, se a Lua estiver em sua fase Minguante. Para os fins de fartura e crescimento, seja lá do que for, é melhor fazer o perfume na Lua Crescente ou Cheia. Porém, se a sua intenção é fazer com que surja algo novo em sua vida, a Lua deve estar Nova. Se o objetivo do Mago é fazer minguar um estado depressivo ou ainda fazer com que diminua em nós este ou aquele hábito, a Lua deve estar Minguante. Se você é mulher, evite produzir perfumes mágicos em seus períodos menstruais. Esta é uma fase em que a mulher está se renovando para a vida. Os ciganos costumam respeitar tanto o repouso feninino que evitam até que suas mulheres cozinhem neste período, considerado sagrado para eles. Você que deseja ter um bom produto, deve utilizar utensílios de madeira,
plástico, louça ou vidro. Evite os metais. As reações deles com os óleos essenciais são terríveis. Você vai precisar de dois funís, um de vidro e o outro de plástico; um frasco de cerca de dois litros de cor escura, para armazenar o perfume; um ou dois copos medidores de 100 ml aproximadamente e dois bastões de vidro.

''Óleo Protetor''

Este óleo poderá ser utilizado também em benzimentos e trabalhos para cortar o mal, sendo preparado em Lua MinguanteLua: Minguante( para cortar), Nova ( para proteger)Hora: SaturnoDia da Semana: Quarta-FeiraIgredientes:100 ml de azeite de oliva20 ml de Essência de alfazema1 pitada de pó de anil1 pedaço de casca de alho1 pedaço de canela em pau7 folhas de arruda secas7 folhas de levante secas7 folhas de manjericão secas7 florzinhas de cravo da índia (representando os chakras)1 lasquinha de turmalina negraModo de Preparo:OBS: Tenha sempre um óleo para cortar o mal ( preparado na Lua Minguante) e outro para proteção ( preparado na Lua Nova).1- Coloque todos os ingredientes num vidro escuro tampado e lacrado com parafina de vela branca2- Coloque este vidro dentro de um saco de papel onde você colocou 7 punhados de sal grosso. Amarre bem.3- Deixe macerar durante sete dias, agitando todos os dias sem tirar o saco.4- No oitavo dia, tire do saco.5- O dia da semana favorável para abertura, ou para usar pela primeira vez é Quarta Feira.

Poção básica do Amor

Encha um pequeno caldeirão ou pote com uma mão de folhas de alecrim,13 sementes de erva-doce,2 trevos,3 folhas de gerânio-rosa,uma colher sopa de mel e um pouco de vinho tinto. Leve o caldeirão ao fogo e deixe a poção ferver. Coe e adicione um pouco da poção a um copo de vinho ou suco de fruta e sirva-a

Fazendo perfumes Mágicos

Desde tempos imemoriais, povos de várias culturas banham seus corpos com ervas, flores, madeiras, folhas e sementes que a Natureza lhes doou num gesto de amor incomensurável.
Ambas as Naturezas - a humana e a vegetal - criaram um pacto de amor e amizade em que um deveria cuidar do outro, sem permitir lhe faltar subsistênica e carinho. O homem descobriu então que, em suas
debilidades, poderia buscar apoio e regeneração nos irmãos vegetais. Muito embora a recíproca não seja assim tão verdadeira. Numa atitude passiva de entrega, as plantas se permitem macerar para
extrair delas mesmas as próprias almas, as próprias essências, a cura e a regeneração. O resultado de tanta entrega e amor da Natureza, a perfumaria metafísica e a Fitoterapia conhecem há milênios. Num
resgate valioso, nós trazemos neste capítulo os principais aromas e suas relações planetárias para uso terapêutico e ritual, constituindo um passeio pelo mundo misterioso das almas das plantas

Perfumes Místicos

Os perfumes são conhecidos desde a Antiguidade como propulsores de reações especificas no corpo e na psiquê humana, por isso sempre tiveram seu lugar de importância nos rituais alquímicos de todos os tempos. Usa-se perfume em rituais mágicos para acionar, fortalecer e harmonizar energias de diversas espécies. O perfume, enquanto essência do próprio ritual, proporciona um atalho até os centros de energia que regem a emoção, a inteligibilidade e a memória.
Além deste uso alquímico, os perfumes tem um valor terapêutico bastante difundido atualmente pela Aromoterapia. Além de ser um recurso natural como o da Fitoterapia, arte vinculada a Aromoterapia, os perfumes tambem possibilitam o equilíbrio dos estados de ânimo e a amplificação da consciência mais sutil.

Fórmula Básica de Perfumes Místicos

Esta é a fórmula básica para a produçao de perfumes místicos:
Para fabricar um litro de perfume artesanal:
800 gramas de álcool de cereais
20 gramas de polipropileno glicol
30 gramas de fixador de âmbar
50 gramas de essência de boa qualidade (esta quantidade pode ser o resultado harmônico entre uma ou mais essências)
100 gramas de água mineral sem gás
Modo de fazer:
- Coloque no vidro escuro álcool de cereais, o polipropileno glicol e o fixador de âmbar e deixe repousar por duas horas;
- Num copo medidor, junte as essências escolhidas e misture-as rapidamente com um bastão de vidro;
- Coloque a mistura das essências no vidro escuro, onde repousa o álcool já fixado;
- Agite bem o álcool fixado ao qual se acrescentou as essências.
Deixe descansar por pelo menos uma semana, em local escuro, onde não haja qualquer incidência de luz solar (pode ser o seu armário de roupas);
- Ao final deste período, acrescente a água mineral, agite e deixe repousar mais um dia antes de usar.
- Você pode escolher embalagens diversas para o seu perfume. No comércio especializado, há vidros de formatos muito bonitos, que decorados, valorizam o perfume artesanal.

Poções com vinho

O vinho usado em plantas medicinais, em maceração, deve ser puro, de boa procedência, (sem açúcar) podendo ser tinto ou branco conforme a finalidade, Em geral o tinto tem funções adstringentes, tônicas reconstituintes e o branco funções diuréticas, digestivas. Os vinhos devam ser conservados em frascos bem fechados de preferência de cor escura. A dose normalmente é um cálice de licor (recomenda-se antes de usar queimar o álcool do vinho).

Vinho estimulante quentão
Ferva o vinho tinto e quando estiver fervendo acenda um fósforo e queime o álcool, acrescente casca de laranja, cravo e canela a gosto. Sirva quente.

Vinho para fraqueza geral
Colocar um punhado da alecrim e outro tanto de sálvia em um litro de vinho tinto, adicione 1/2 xic. de mel e deixe em infusão por 8 dias ou ferva em banho-maria 20 minutos. Tome um pequeno cálice antes das refeições.

Vinho para anemia e doença infecciosa
Em 1 litro de vinho tinto junte 2 xic. de açúcar, 1 limão, 1 noz-moscada, 12 cravos e 3 raízes de picão preto. Ponha para ferver por 20 minutos, retire do fogo e adicione 5 colheres de mel. Tome 5 ou 6 colheres ao dia antes das refeições

Vinho digestivo e estimulante
Coloque em um litro de vinho tinto ou branco, 20 á 30gr de sálvia e deixe em infusão por 8 dias. É bom tomar um copinho depois do almoço e do jantar.

Vinho digestivo, diurético e contra febre
Pegue um litro de vinho branco e junte um punhado de raiz de Jurubeba picada, deixe em infusão por 10 dias. Pode-se adicionar um pedacinho de casca de laranja, cravo e canela. Recomendado tomar um copinho após as refeições.

Vinho depurativo para fígado e diabetes
Corte a raiz da bardama e coloque um punhado em 1 litro de vinho branco. Deixe descansar por 10 dias, tomar 1 copinho após as refeições.Vinho p/cólicas e distúrbios menstruaisColoque em 1 litro de vinho branco 1 punhado de folhas secas de melissa. Deixe curtir por 10 dias. Tomar 1 copinho após as refeições.

Vinho tônico p/colesterol, rins e fígado
Coloque 2 punhados de folhas picadas de alcachofra em 1 litro de vinho. Depois curtir por 10 dias. Recomenda-se tomar 1 copinho após as refeições.

Vinho p/insônia, stress, menopausa
Em 1 litro de vinho branco coloque 2 colheras de flores de camomila. Deixe em repouso por 10 dias. Tome um copinho entre as refeições

Vinho p/esgotamento físico e mental
Em dois litros de vinho tinto junte vinte pés de tiririca com a raiz, uma beterraba grande, um punhado de pregos velhos (bem lavados), um punhado de funcho, um punhado de flor de coqueiro, três raízes de guanxuma, três raízes de picão preto três xícaras de açúcar mascavo (ou cristal), cravo. Canela e noz-moscada a gosto. Deixar 8 dias em repouso Recomenda-se tomar 3 colheres antes das refeições.

Vinho contra doenças infecciosas
Em um litro de vinho tinto colocar um punhado de flor de coqueiro, um punhado de pregos velhos(bem lavados), 5 raízes de picão preto e 5 de raízes de guanxuma, um punhado de funcho, 2 xícaras de açúcar, cravo e canela a gosto. Ferver tudo por 20 minutos Dose 4 a 5 colheres por dia antes das refeições.

Vinho desintoxicante do fígado
Em um 1 litro de vinho branco coloque dois punhados de folhas e flores de losna e deixe descansando por 10 dias. Recomenda-se tomar um copinho após as refeições.